sábado, 20 de novembro de 2010

Fotos do "Gangbang" (Dia 39 e 40)!

E chegamos aos lendários 40 dias de gravações desde o inicio do programa. Hoje foram as últimas gravações do ano e teremos 3 esquetes muito especiais nessas próximas semanas. O futuro agora, só Deus sabe.

Muito obrigado a todo mundo que ajudou o GANGBANG de qualquer forma nesse tempo todo, tenho muito orgulho de tudo que fizemos até aqui. Enfim, essa não é a hora de falar dessas coisas, estou muito cansado e viajo jaja.

Estou saindo de férias hoje volto em uns 10 dias, por isso não se assustem se isso aqui ficar parado, e todas a outras coisas (Garoto Mickey, Murilo, etc). Ta na hora de descansar um pouco!

Yuri

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

GANGBANG - EXTRA #13 - Festa do hamburger (Comédia MTV #38)


Comédia MTV #38
Comédia Extra 13
"Festa do Hamburger"

Direção/Roteiro: Yuri Moraes

Finalização/Edição/Trilha: Cauê Bravim
Produção: Adriano Vilas Boas / Luciana Coelho / Raquel Fortes
Direção de fotografia/Camera: Antonio de Laet

Assistentes de direção: Adriano Vilas Boas / Juliana Amorim

Cast:

Yuri Moraes

Cauê Bravim

Ronald Rios

Agradecimentos:
Eagle
Guilherme Sigo


Tempo: 01:32
Local: São Paulo SP - Brasil
Inicio do projeto: Outubro 2010
Lançamento oficial: 17 de Novembro 2010 (MTV)
Língua: Português

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

GANGBANG - EXTRA #12 - Reptilianos (Comédia MTV #37)


twitter.com/31gangbang

Comédia MTV #37
Comédia Extra 12
"Repitilianos"

Direção: Yuri Moraes

Finalização/Edição/Trilha: Cauê Bravim
Produção: Adriano Vilas Boas
Direção de fotografia/Camera: Antonio de Laet

Assistentes de direção: Adriano Vilas Boas

Cast:

Adriano Vilas Boas
Ulisses Fonseca

Adriano Vilas Boas
Cauê Bravim
Beira
Antonio de Laet

Tempo: 01:47
Local: São Paulo SP - Brasil
Inicio do projeto: Outubro 2010
Lançamento oficial: 10 de Novembro 2010 (MTV)
Língua: Português

terça-feira, 9 de novembro de 2010

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Carta aberta ao público


Bom, não é de hoje que muitas pessoas ficam revoltadas ou não entendem nossas esquetes. A nossa última, "Parabéns Papai", acabou revoltando e chocando bastante gente. Quero deixar claro que esse não é nosso objetivo.

O humor desse país no geral é muito atrasado, bundão e politicamente correto. Eu entendo que muitas pessoas possam não assimilar e até achar agressivo parte do nosso material mas quero lembrar que o que fazemos é FICÇÃO e mais que isso, HUMOR.

Eu acredito plenamente que o humor é o espaço de se fazer o absurdo. Não queremos agredir ninguém que sofre ou sofreu com nenhum problema em momento algum de forma inconsequente. É que simplesmente NÃO É VERDADE, o GANGBANG é um mundo fantasioso que quase se aproxima de um desenho animado e realmente achamos engraçado o absurdo e falta de noção que seria se você ligasse a tv e realmente passasse um musical com uma letra assim. Prestem atenção, se isso fosse algo realmente sério, não seria engraçado. É engraçado você imaginar o que causaria algo assim, você rir de algo que abominaria se fosse real.

Desde pequeno eu cresci vendo séries como South Park onde nada é tabu para se fazer humor e realmente acho que o Brasil está muito atrasado nesse sentido. Eu entendo casos de pessoas que tem bastante referencia, são inteligentes e mesmo assim não gostam do nosso humor, acho que é algo de gosto pessoal e eu respeito.

O que eu não gosto é que a maioria das pessoas que não entendem algo diferente, se sentem ofendidas por não entender e se tornam agressivas ao conteúdo por se sentirem inferiores. Se você não entende alguma coisa, você tem que no minimo entender do que está falando antes de falar mal.

Se todas pessoas levassem a ficção para o lado pessoal, NUNCA teriamos algo original e na real nunca teriamos nada de muito bom. Parem pra pensar, se apontarmos o dedo pra qualquer coisa que seja, podemos criar um grande problema em torno disso. Piadas com homossexuais por exemplo, que é algo que aqui no Brasil todo mundo considera normal e eu sinceramente não vejo graça. Tudo que disseram sobre essa nossa esquete, pode ser dita a piadinha de homossexual mais "inocente" que estamos acostumados, como alguém copiando trejeitos estereotipados.

Um fã do Gangbang de 16 anos, que participou de uma gravação nessa última semana disse pra gente "Eu tava vendo o Tetra, que o Adriano fica na cadeira de rodas e parece que vocês tão zuando com isso, mas na verdade se você evita falar sobre esse nicho de pessoas, você está sendo preconceituoso, excluindo elas do humor", não exatamente nessas palavras, mas isso.

Essa é uma carta aberta para todos que acham que estamos fazendo humor para chocar ou agredir. Não estamos. Estamos apenas fazendo um humor livre, e que não seja politcamente correto. Se achamos uma idéia engraçada e original, pode acreditar que iremos faze-la, se sentirmos que é o que tem que ser feito. Isso é a verdadeira liberdade de expressão, isso é a verdadeira arte e, desculpe a quem discorda, mas acredito que esse é o verdadeiro e mais sincero humor.

Yuri Moraes

domingo, 7 de novembro de 2010

Fotos do "Gangbang" (Dia 36 e 37)

Dois dias muito especiais. Obrigado a todos.